Política de Conflito de Intereses

Política de Conflito de Interesses

Na Revista Filosofia Capital, encorajamos a transparência e a integridade em todas as etapas do processo editorial. Por isso, autores, revisores e editores são solicitados a declarar quaisquer conflitos de interesse o mais cedo possível, seja no momento da submissão de um manuscrito ou na aceitação de uma revisão.

Entendemos conflito de interesse como qualquer interesse pessoal, profissional ou financeiro que possa influenciar de maneira tendenciosa o processo de publicação da revista. Exemplos comuns incluem o recebimento de apoio financeiro de empresas com interesse nos resultados, manutenção de relações pessoais que possam comprometer a imparcialidade durante a revisão ou publicação, ou participação em competições profissionais que possam afetar uma avaliação imparcial de um manuscrito submetido.

É importante ressaltar que a divulgação de um conflito de interesse por parte de um autor não implica necessariamente na rejeição do manuscrito pela revista. No entanto, se descobrirmos que um autor possui um conflito de interesse não divulgado durante o processo de submissão e revisão, tomaremos as medidas apropriadas, que podem incluir a publicação de uma correção ou retratação. Acreditamos que essa política fortalece a integridade e a confiança em nosso processo editorial.