O ENSINO DE SOCIOLOGIA COMO MODO DE RESSOCIALIZAÇÃO NOS SISTEMAS PRISIONAIS

Autores

Palavras-chave:

educação, ressocialização, sociologia.

Resumo

O presente trabalho tem por base analisar a implementação da educação nos sistemas prisionais, assim como o ensino de sociologia como modo de ressocialização. Desde que foi implementada por lei, a Educação nos sistemas prisionais ficou a cargo de cada Estado, fazendo com que na maioria das vezes ela sirva de promulgação do vigiar e punir ou um acessório do aparelho ideológico do Estado. O educador deve nesse ambiente tirar os preconceitos de vista e servir de ponte para que novos caminhos sejam trilhados. Sendo assim, procurou-se refletir como o ensino pode transformar a vida e as perspectivas do indivíduo privado de liberdade e de como o ensino de sociologia pode construir todo um aparato para novos cidadãos críticos e ativos ao se reinserirem na sociedade.

Biografia do Autor

Lucas Paulo Golin Xavier do Nascimento, Faculdade João Paulo II. Rede de Educação Claretiano.

Formado em Filosofia. Técnico em Piano Erudito. Pós graduado (Lato Sensu) em Filosofia e Ensino de Filosofia.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

Golin Xavier do Nascimento, L. P. (2022). O ENSINO DE SOCIOLOGIA COMO MODO DE RESSOCIALIZAÇÃO NOS SISTEMAS PRISIONAIS. Revista Filosofia Capital - ISSN 1982-6613, 18(24), 108–124. Recuperado de https://filosofiacapital.org/index.php/filosofiacapital/article/view/461